Mansão é vendida por preço recorde nos EUA

Preço ultrapassou mais de 330 milhões de reais e foi comprada por Christopher H. Browne gerente da Tweendy

O investidor Barry Rosenstein, do fundo de hedge Jana Partners, desembolsou a maior quantia gasta por uma residência na história dos Estados Unidos: US$ 147 milhões (aproximadamente R$ 330 milhões). A mansão fica em East Hampton, em Nova York.

De acordo com o New York Post, a residência pertencia a outra figura relevante do mundo dos negócios, Christopher H. Browne, diretor-gerente da empresa de investimento Tweedy. Ele vivia na casa à beira mar com seu namorado, o arquiteto Andrew Gordon.

O sexagenário Browne morreu há 5 anos, num bar da Flórida – enfarte fulminante. Gordon herdou a fortuna do companheiro, mas morreu no último ano, de câncer. A casa foi vendida agora diretamente pelos parentes de Gordon, para evitar gastos com corretagem.

A negociação quebrou um recorde recente do país. Há duas semanas, outra mansão havia sido vendida, em Connecticut, por US$ 120 milhões (R$ 270 milhões).

Fonte: Estadão

Anúncios
Esse post foi publicado em Imóveis, Mercado, Notícias e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s